O provérbio da minha vida / The saying of my life

“Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje”

sara sena

 

A Sara e a mãe

A Sara é irmã de uma das maiores amigas, é filha dos pais mais porreiros e descontraídos, é prima de amigos de longa data, é amigade muitos outros amigos. E faz parte do grupo de irmãos mais giro de que há memória. Foi graças à Francisca, a older sister, que conheci a Sara, que conheci o M. que me dizia adeus do jardim de casa quando era pequeno, que nunca me esqueço do B. porque fazemos anos no mesmo mês.  Gosto muito da Sara como gosto muito da família toda. São como que uma especialidade de que não queremos abdicar. E esta cadeia de emoções não tem preço.

A Sara fala a rir e acho mesmo que deve ser das poucas pessoas, senão a única, que nunca vi com cara feia. Isso acentua bem o espírito solto e descontraído com que leva a vida. Aliás acho que descontracção é uma palavra que condiz bem com a Sara. A par das longas conversas e da construção de sonhos desde uma mesa com vista sobre Lisboa, é das muitas memórias que me habitam. A Sara é positiva, é leve e é daquelas pessoas que sentimos a falta quando a mesa está cheia porque não está completa. É como aqueles brilhantes coloridos que se põem nos enfeites de Natal, sem os quais não seria a mesma coisa e que dão a graça toda.

O provérbio da sua é vida é não deixes para amanhã o que podes fazer hoje, porque diz a Sara, sou uma pessoa adepta do carpe diem. Passado passou e amanhã nunca se sabe e um dia só tem 24horas.

P.S Também tenho muitas saudades tuas!

 

English

Sara is sister of one of the greatest friends, is daughter of the most cool and relaxed parents, is a cousin of longtime friends, is friends of many other friends. And she is part of the most cute siblings group that we know. It was thanks to Francisca, the older sister, that I met Sara, I met M. who used to wave me goodbye from the house garden when he was little, that I never forget B. because we celebrate birthday on the same month. I love Sara as I love the whole family. They are like a specialty that we don’t want to abdicate. And this chain of emotions is priceless.

Sara speaks laughing and I think she might be one of the few, if not the only person, whom I ever saw with unhappy face. And that bright up the light and relaxed spirit she faces life. Actually, relaxed is a word that matches well with Sara. This and a couple of long conversations and dreams drawing from a table overlooking Lisbon, is the many memories that live within me. Sara is positive, is free and is whose people we miss when the table is full but not complete. It’s like that colorful glitter we had on Christmas ornaments, without which there would not be the same thing and in the end gives all grace.

And the saying her life is not leave for tomorrow what you can do today, because in Sara’s words, I am a supporter of carpe diem. Past is gone and tomorrow you never know  and the day only has 24 hours.

P.S I miss you too!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s